27 de abril de 2015

CONTRA O SARAMPO MAIS DE 400 MIL NÃO SE VACINARAM NA CAPITAL

Para contemplar todo o público que ainda não foi imunizado, as secretarias de saúde do Estado e do município estão levando equipes de vacinação para locais de grande circulação de pessoas
ÉRIKA FONSECA
Mesmo com ações intensivas de vacinação, levando equipes para locais de grande circulação de pessoas, a campanha de imunização contra o sarampo não atingiu a meta de pessoas protegidas contra a doença. De acordo com o último boletim, divulgado na sexta-feira pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), foi preciso estender o prazo até o dia 2 de maio para atender às mais de 400 pessoas que ainda não procuraram imunização em Fortaleza. Segundo o boletim, até o dia 18 de abril, foram aplicadas 722.929 vacinas na Capital, ou seja, 64% da cobertura necessária. Desse total, a maioria das doses (74,7%) foi aplicada na faixa etária de 12 a 29 anos, número que, contudo, corresponde apenas a 62% da meta estimada para este grupo.
As Secretarias Executivas Regionais (SERs) V e VI, onde estão bairros como Bom Jardim, Mondubim, Jangurussu e Barroso, concentram o maior número de pessoas que não tomaram a vacinaram: 91.558 e 87.147, respectivamente. Em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a situação é mais grave, já que alcançou apenas 30% da cobertura vacinal exigida. Até o dia 2 de maio, quando encerra a campanha, mais de 115 mil pessoas precisam ser vacinadas na região, segundo a Sesa. Neste ano, foram confirmados lá 44 casos de sarampo.
No Estado, foram confirmados 103 casos somente em 2015. Desde o início do surto, em 2013, foram confirmados 799 casos de sarampo, a maioria deles em Fortaleza (368).
Na análise do epidemiologista e professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), Anastácio Queiroz, é necessário estimular a população a buscar a vacina. "É preciso criar uma rede grande com agentes da saúde, escolas e mídia para que possamos conscientizar da necessidade".
Ele ressalta, ainda, um foco maior no público-alvo da campanha e critica ações de imunização indiscriminada. Até o dia 18 deste mês, conforme a Sesa, foram aplicadas 160 mil doses na população acima de 30 anos.
Para o médico, o sarampo se tornou esse vilão poderoso por falta de ação eficaz quando os primeiros casos apareceram. "Deixamos as coisas caminharem e chegar a isso. Estamos agora correndo atrás do prejuízo. Contudo, não acredito que isso se resolva com campanhas esporádicas. Acredito num trabalho continuado, que envolva toda a rede", defende. O epidemiologista propõe uma nova prorrogação da campanha, caso não atinja a meta estabelecida.
Com a superlotação das unidades e o precário atendimento médico, acrescenta o especialista, diagnosticar o sarampo tardiamente também ocasiona dificuldade no bloqueio do vírus. "Como o sarampo foi eliminado por quase 15 anos, passamos a baixar a guarda. Mas em surto é preciso redobrar a atenção. E isso precisa de uma cooperação de todos os municípios", reforça.
Para contemplar todo o público que ainda não foi imunizado, as secretarias de saúde do Estado e dos municípios estão adotando estratégias como a mobilização dos agentes de saúde para incentivarem as pessoas a buscarem a proteção e deslocar equipes de vacinação para locais como shoppings, supermercados, feiras, igrejas e outros e eventos.
Ontem, uma equipe estava aplicando o antivírus na Praça Luiza Távora, na Aldeota, um dos pontos de apoio da Ciclofaixa de Lazer organizada pela Prefeitura. De acordo com a enfermeira responsável pelo grupo, Amanda Araújo, por volta das 10h, cerca de 110 pessoas tinham sido imunizadas.
A empresária Ysabelle Oliveira, 29, foi uma das que deixou para tomar a vacina apenas ontem. "Eu sempre deixava pro outro dia, ia adiando", reconhece. Entre os amigos e familiares próximos, conta ela, todos estão cientes da campanha, mas também não procuraram se imunizar. "As pessoas relaxam, acham que nunca serão atingidas", reconheceu. Já o professor Sérgio Pinho Pessoa, 39, levou a filha para se vacinar logo no início da campanha. "Hoje eu tomei também porque eles abriram pra mais pessoas. Mas fiz questão de levar a minha filha no prazo certo", disse.
Jéssica Colaço / Karine Zaranza
Repórteres

26 de abril de 2015

ÔNIBUS DA CANTORA MÁRCIA FELLIPE E FORRÓ DA CURTIÇÃO SOFRE ACIDENTE NO MARANHÃO.

Mais um acidente envolvendo um ônibus de banda de forró, dessa vez com a equipe da Márcia Fellipe e Forró da Curtição. Segundo a assessoria de imprensa da cantora, o fato aconteceu às 4H deste sábado (25), em um trecho da BR-316, no estado do Maranhão.
Uma vaca invadiu a pista, o ônibus bateu de frente com o animal e acabou descendo um barranco. Alguns integrantes tiveram ferimentos leves, apena um deles teve um ferimento mais grave.
No momento a vocalista Márcia Fellipe não estava no ônibus, a mesma se deslocaria até a região de avião. O ônibus tinha como destino a cidade de Parauapebas , no estado do Pará, onde a banda realizaria show.
Apenas um camareiro que estava na cabine do motorista, no momento do ocorrido, fraturou a perna, mas foi prontamente atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhando ao hospital do município de Bacabal.
Segundo acidente envolvendo bandas em 2015
Em março, o ônibus que levava a banda Garota Safada tombou no KM-81 da BR-222, em um trecho conhecido como a Curva dos Frios, na cidade de São Luís do Curu, localizada a cerca de 80 km de Fortaleza. O acidente aconteceu por volta das 3h da madrugada do dia 10, quando o grupo se deslocava para a cidade de Luziânia/PI, onde faria show.

25 de abril de 2015

1ª FEIRA BENEFICENTE DA ABCNSF É UM SUCESSO

A Associação Beneficente e Cultural Nossa senhora de Fátima – ABCNSF realizou na manhã deste sábado, 25 de abril de 2015, na Praça Urbanizada do Riachinho, a 1ª Feira da Pechincha.
O evento teve como objetivo principal arrecadar recursos para a manutenção dos Projetos Sociais desenvolvidos pela citada Associação como: “Educando e Fazendo História com Ballet; grupo de Teatro Infantil; Canto Coral Magnificat”.
A ABCNSF apesar de ainda jovem na comunidade do Bairro Riachinho, tem proporcionado a essa população grandes feitos sociais como mostraremos alguns deles: 1ª Blitz Educativa de Trânsito com o Título “Respeite a Vida, dirija com cuidado” realizado em 24 de agosto de 2013, link de 2013, link http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/a-associacao-d…;
2ª Blitz Educativa de Trânsito com o Título “Respeite a Vida, dirija com cuidado” realizado em 10 de outubro de 2013;
Destaque internacional do Coral Magnificat veja link 12/06/2013
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/abcnsf-e-coral…;
Parceria com instituição internacional na busca de projetos sociais para o Riachinho como Essor, veja link 11/05/2013
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/bairro-riachin…;
ABCNSF recebe visita do sociólogo Francês, 09/06/2013, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/abcnsf-do-bair…;
1º ano de atuação, Quadrilha Junina ABCNSF se destaca, 15/06/2013, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/ha-pouco-menos…;
ABCNSF busca parceria com ACOMVA e escolas de Várzea Alegre para desenvolver projeto social, 04/06/2013, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/abcnsf-realiza…;
Oficina com reciclagem ABCNSF, 17/03/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/a-associacao-b…
Grupo de jovens em ação 13/04/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/a-associacao-b…;
ABCNSF, Grupo de Jovens apresenta projeto “Reciclar é Preciso”, 14/04/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/jovens-da-asso…;
ABCNSF consegue uma motocicleta para projeto, 19/04/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/associacao-do-…;
Café comunitário ABCNSF, 12/05/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/cafe-comunitar…;
Quadrilha Arraiá Magnificat 2ª edição em 16/06/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/quadrilha-arra…;
Grupo de jovens em ação 19/08/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/grupo-de-joven…;
ABCNSF recebe visita de instituição internacional, 10/09/2014, veja link
http://penochaoinformativo.blogspot.com.br/…/ambroise-lemoa…;
QUEM TRABALHAR TEM O QUE MOSTRAR
Reportagem e imagens de Damião Ferreira.

24 de abril de 2015

COMEÇA AMANHÃ SÁBADO 9º QUEIMÃO DAS MÃES PEREQTÊ

Será um temporada onde a família varzealegrense poderá comprar tudo em peças intimas com preço promocional e desconto de até 70%.

Não deixe de aproveitar o bom momento para comprar na PereQtê os preços são convidativos todo o estoque está composto pelo que há de melhor em qualidade. Agora é só você passar lá e claro realizar suas compras.

'APENAS O COMEÇO' GOVERNO DO CEARÁ CORTA R$ 220 MI DO ORÇAMENTO

De acordo com a Sefaz, uma parte da redução, equivalente a R$ 108,03 milhões, é para investimentos. A dotação atualizada do Estado para este fim em 2015 ficou em R$ 4,79 bilhões
FOTO: KID JÚNIOR
Image-0-Artigo-1840809-1
Levy se reuniu com governadores do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Goiás
FOTO: AGÊNCIA BRASIL
O Governo do Ceará, após avaliação dos repasses federais no primeiro bimestre do ano, decidiu aplicar uma redução de R$ 220 milhões ao orçamento de 2015, segundo aponta o balanço orçamentário referente ao primeiro bimestre, publicado esta semana no Diário Oficial do Estado. De acordo com o secretário estadual da Fazenda, Mauro Filho, este contingenciamento "é apenas o começo".
Conforme o secretário, houve uma queda real de 8,4% nos repasses federais ao Ceará por meio do Fundo de Participação dos Estados (FPE) no acumulado dos dois primeiros meses do ano. Este resultado foi o que orientou o governo a realizar esse corte no orçamento, que deverá ser ampliado. "Ainda não dá para afirmar quanto iremos cortar, mas a tendência é de que até julho tenhamos contingenciamento no nosso orçamento", adiantou Mauro Filho.
Ele informa que, em março, já houve uma alta no FPE, mas que se refere a repasses relacionados ao Refis (programa de refinanciamento) realizado pelo governo federal no ano passado, e que só foram entregues aos estados e municípios no mês passado e na primeira semana deste. "Isso não reflete o comportamento que os repasses do FPE terão neste ano", pondera.
Redução de gastos
O corte no orçamento vai ao encontro da decisão do governador Camilo Santana de reduzir gastos, diante da complicada conjuntura econômica nacional. As reduções atingem de maneira similar as despesas correntes e os investimentos. Do total reduzido, R$ 112,01 milhões são dentro do orçamento das despesas correntes, que são dispêndios com o custeio de manutenção das atividades dos órgãos da administração pública. A maior parte deste corte, no montante de R$ 80,45 milhões, está na rubrica de gastos com pessoal e encargos sociais, que é responsável pela metade da dotação orçamentária (51%) para despesas correntes este ano.
Apesar de este corte atingir o caixa do governo reservado para pagamento de servidores, o secretário da Fazenda já se comprometeu publicamente em não deixar de pagar pessoal. As medidas que já começaram a ser adotadas incluem o corte de pessoal comissionado e terceirizado.
Investimentos
A outra parte da redução, equivalente a R$ 108,03 milhões, é para investimentos. A dotação atualizada do Estado para este fim em 2015 ficou em R$ 4,79 bilhões. O valor ainda é significativo, levando-se em consideração que, no ano passado - que era último ano de gestão, portanto, de maior monta de aplicações -, os investimentos liquidados foram de R$ 3,24 bilhões. Cifra, contudo, que representou apenas metade do orçamento previsto naquele ano, que era de R$ 6,35 bilhões.
No primeiro bimestre deste ano, de acordo com o balanço publicado, os valores liquidados em investimentos foram de R$ 113,80 milhões. Esta quantia representa apenas 2,37% da dotação orçamentária para investimentos em 2015. O primeiro bimestre, especialmente em início de novo governo, costuma ser o de menor aplicações.
Na verdade, o valor liquidado nos dois primeiros meses deste ano são ainda bem superiores ao do mesmo período de 2014. Segundo aponta o relatório, no primeiro bimestre do ano passado, o Ceará recebeu investimentos de apenas R$ 34,03 milhões, ou seja, houve um incremento de 234% em 2015.
De acordo com Mauro Filho, é possível que haja redução nos investimentos neste ano, mas os cortes se concentrarão nas aplicações que utilizam recursos exclusivos do Tesouro Estadual. O impacto, aponta o secretário, será amenizado com as operações de crédito já firmadas pelo governo estadual, que somam R$ 1,8 bilhão. "Estes recursos não serão afetados com contingenciamento", garante.
Dotação atualizada
Com a readequação apresentada no balanço, a dotação atualizada para o orçamento do Estado no ano é de R$ 23,8 bilhões. Nos dois primeiros meses de 2015, o Estado arrecadou R$ 3,44 bilhões, 14,5% da previsão para o ano. Já em relação às despesas liquidadas, os gastos empenhados também foram de R$ 3,44 bilhões.
Em relação a Parcerias Público-Privadas (PPP), o Estado não realizou nenhum registro fiscal no primeiro bimestre de 2015. Para este ano, estão programadas despesas de R$ 249,5 milhões com estes programas, incluindo a PPP do Castelão, do Programa Vapt-Vupt de Atendimento Integrado ao Cidadão, da Ponte Estaiada e do Mirante e do Hospital Regional Metropolitano (HRM).
Gestores estaduais cobram de Levy repasses e projetos
Brasília. Na esteira do ajuste fiscal e dos cortes no Orçamento, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, teve ontem uma série de encontros com governadores que temem a descontinuação de projetos, parcerias e repasses de dinheiro. Os governadores Luiz Fernando Pezão (Rio de Janeiro) e José Ivo Sartori (Rio Grande do Sul) estiveram reunidos pela manhã com Levy. À tarde, o ministro recebeu o governador de Goiás, Marconi Perillo.
Segundo Pezão, Levy passou a mensagem de que o País ainda está num momento difícil, e que precisa do apoio dos estados para superar essa fase. O governador fluminense afirmou que qualquer corte no orçamento do Estado, que pena com a paralisação de obras da Petrobras, será preocupante. "A gente sabe que é um ano difícil, ainda vão sair mais cortes no Orçamento e temos muitas parcerias com o governo federal, como o PAC das Favelas. Precisamos saber, então, se esses programas vão continuar ou não", disse Pezão.
O governador do Rio levou ao ministro propostas de PPPs (parcerias público-privadas) para construção de presídios, para projetos de saneamento e de expansão de internet banda larga. Para os projetos das Olimpíadas, Pezão disse já estar com recursos garantidos. José Ivo Sartori cobrou do ministro recursos atrasados da Lei Kandir (que isenta pagamento de ICMS sobre produtos e serviços destinados à exportação) e do Fundo de Exportação. Segundo ele, o governo federal está em dívida com o Estado em R$ 200 milhões.
Ao sancionar a lei orçamentária de 2015, a presidente Dilma vetou a divisão de recursos da lei para estados, decisão criticada por Sartori. "Para nós é frustrante e cria mais embaraço e mais dificuldade", afirmou. Sartori também cobrou de Levy uma alternativa à solução encontrada pelo governo federal à renegociação da dívida de estados e municípios, de aplicar apenas a partir de fevereiro os indexadores mais brandos a esses pagamentos. "Estamos trabalhando no sentido de encontrar maneiras de colocar as coisas em dia", disse.
Levy pediu aos governadores empenho para aprovar a reforma do ICMS, e garantiu que haverá recursos para compor um fundo de compensação. Segundo relato dos governadores, faltam três estados concordarem com a reforma, que unifica as alíquotas do imposto em todos os estados.
Petrobras
Um dos temas da conversa entre Pezão e Levy foi a Petrobras, que teve em 2014 seu primeiro resultado negativo em 23 anos.
"É muito importante que a Petrobras volte a funcionar e volte com as obras do Comperj, que para nós é essencial", disse Fernando Pezão.
Sérgio de Sousa
Repórter

INDONÉSIA INICIA PREPARATIVOS PARA EXECUTAR BRASILEIRO E OUTROS 9 RÉUS.

Rodrigo Gularte foi preso com cocaína escondida
em prancha de surfe. (Foto: Reprodução / RPC)
As autoridades da Indonésia começaram os preparativos para executar dez presos condenados no país por narcotráfico, incluindo o brasileiro Rodrigo Gularte, apesar de ainda não ter determinado a data das execuções, informou nesta sexta-feira (24) a imprensa local.
O porta-voz da promotoria da Indonésia, Tony Spontana, disse que a ordem foi emitida na quinta (22), mas explicou que esta ainda não é a notificação final entregue aos presos 72 horas antes de serem executados, conforme informações da emissora australiana "ABC".
Spontana afirmou que a data definitiva depende da resolução de um recurso de apelação apresentado por um preso indonésio na Corte Suprema do país. O mesmo tribunal já rejeitou ações semelhantes de um condenado francês e de um ganês na última terça (21).
O porta-voz confirmou também que um dos réus, a filipina Mary Jane Veloso, será transferida à prisão de Nusakambangan, onde serão realizadas as execuções. Outros presos que serão fuzilados já estão no local há algumas semanas.
Entre os condenados está Rodrigo Gularte, preso em 2004 com vários quilos de cocaína escondidos em uma prancha de surfe. O governo brasileiro e os familiares de Gularte alegam que ele sofre de esquizofrenia, por isso não deveria ser executado.
Apesar dos pedidos de clemência por parte da presidente Dilma Rousseff, do primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, e do presidente da França, François Hollande, o líder indonésio, Joko Widodo, reiterou a firmeza de seu governo contra o narcotráfico e descartou todas as solicitações.
Em janeiro, a Indonésia fuzilou seis presos acusados de narcotráfico, entre eles Marco Archer Cardoso Moreira, o que causou uma crise diplomática entre o país asiático e o Brasil.
A Indonésia, que retomou as execuções de réus em 2013, mantém 133 prisioneiros no corredor da morte, 57 acusados por tráfico de drogas, dois por terrorismo e 74 por outros crimes.

Quem sou eu

Minha foto
Radialista e Locutor publicitário
 

©2009/2014 PÉ NO CHÃO INFORMATIVO | by R