ÚLTIMAS

MEGA DA VIRADA

MEGA DA VIRADA
Seu sonho poderá ser uma realidade.
Várzea Alegre - Policia militar registra roubo de motocicleta
A polícia teve uma quarta-feira de muito trabalho após dois cumprimentos de mandados de prisão os mesmo ainda se deparam com mais um roubo de moto na cidade.

Por volta das 19h10min, um casal acionou a polícia dando conta de um assalto onde os mesmos tiveram a moto tomada por meliantes, as vítimas o Sr. DEUZIVAN 19 anos, juntamente com sua companheira ambos relataram que trafegava na BR-230 na saída de Várzea Alegre/CE para à cidade de Farias Brito/CE, em uma moto HONDA/CG FAN 125 KS, ano 2012, cor preta, placa OIL-3523, inscrição de Várzea Alegre/CE, quando foram abordados por dois (02) indivíduos em uma moto HONDA/NXR BROS, cor preta, na oportunidade os elementos estavam usando capacetes, sendo que o garupeiro estava trajando camisa vermelha, e de arma em punho (revolver) anunciou o assalto.


Na ocasião foi subtraído da vítima, a motocicleta, um capacete de cor vermelho e a carteira contendo documentos pessoais. Diante dos fatos, a VTR-10063 composta pelo 3º SGT Edésio e o SD PM A. Rodrigues, realizou diligências no intuito de identificar e localizar os autores deste delito, mas até o fechamento dessa matéria não foi obtido êxito.

LAÉCE OLIVEIRA 8 de dezembro de 2016
Cumprimento de mandado de prisão e apreensão de motocicleta.
No início da noite de quarta-feira 07, por volta das 18h30min, a VTR-10063 comanda pelo 3º SGT Edésio, SD PM Rafael, SD PM A. Rodrigues e o SD PM Leal, realizava rondas ostensivas pela cidade, quando na Av. Nenê Marinheiro (BR-230), se deparou com a pessoa de ANTÔNIO WEDSON PEREIRA DA SILVA de 30 anos, natural de Iguatu/CE, solteiro, desocupado, residente na Rua Coronel Antônio Primo, nº 281, Bairro Zezinho Costa, Várzea Alegre/CE.

No momento da abordagem o mesmo estava pilotando uma moto HONDA/CG 125 FAN ES, ANO/MODELO 2013, COR PRETA, PLACA ORP-6043, INSCRIÇÃO DE IGUATU/CE, com restrições administrativas.

O Antônio já responde ao Art. 155 e três (03) Art. 157 do CPB, tudo foi descoberto ao consultar o nome do mesmo, aí polícia acabou constatando um mandado Judicial em ABERTO.

A motocicleta que o mesmo trafegava foi conduzida até o pátio da Delegacia local e posteriormente será encaminhada para o Demutran para adoção das medidas cabíveis.


Já o acusado foi conduzido até a Delegacia de Iguatu/CE, onde foi apresentado à autoridade Policial para lavratura do competente procedimento.

LAÉCE OLIVEIRA
Polícia militar realiza cumprimento de mandado de prisão.
Na tarde desta quarta-feira 07, por volta das 15h00min, a VTR-10063 composta pelo 3º SGT Edésio, SD PM Rafael, SD PM A. Rodrigues e o SD PM Leal, realizou o cumprimento de mandado de prisão expedido pelo Juiz de direito Dr. David Melo Teixeira Sousa.

As informações dão conta que o Antônio Sales Pereira, vulgo “LAÉCIO” de 31 anos natural de Assaré/CE, solteiro, servente de pedreiro, residente no Sítio Exu, zona rural de Várzea Alegre/CE, em razão do mesmo ter cometido falta grave no regime semiaberto, teve de ser reconduzido ao xadrez.


Vale salientar que no momento da prisão o indivíduo se encontrava na sua residência. O mesmo foi conduzido até a Delegacia local onde se encontra recolhido a disposição da justiça.

LAÉCE OLIVEIRA 7 de dezembro de 2016
Várzea Alegre – O vereador eleito Dedé da Topique, dar os primeiros passos para o trabalho.
Cada cidadão que se preocupa com o bem-estar do seu próximo e pelo crescimento de uma comunidade, ergue a bandeira do trabalho que somado ao compromisso desempenha boas ações.

O cidadão empresário e vereador eleito Dedé da Topique, já passou a erguer as suas pilastras do trabalho para dar uma resposta positiva aqueles que acreditaram em seu projeto, assim como também para toda a comunidade.

Na tarde da terça-feira 06, o vereador juntamente com o engenheiro civil André, estiveram na comunidade de lagoinha na sede do distrito de Riacho Verde para medir um terreno, que como projeto em planos será erguido naqueles 750 (m²) equivalente a 30x25 um Posto de Saúde.


O vereador que foi eleito pelo PTdoB na coligação do prefeito eleito Zé Helder buscara em conjunto com o gestor desempenhar um trabalho que venha oferecer aos munícipes uma melhor qualidade de vida, mantendo seu foco no trabalho, saúde, educação e segurança pilastras principais para que um município ande bem.

LAÉCE OLIVEIRA 6 de dezembro de 2016
Várzea Alegre – Plantão policial registrou furto e roubo.
A polícia militar teve um plantão bastante movimentado no final de semana, onde pessoas buscaram a delegacia para registrarem boletim de ocorrência (BO) em virtude de furto e roubo.

Na noite de sexta para sábado 03, o senhor Cione Elias residente na vila São Caetano disse que sua propriedade foi alvo de furto, elementos subtraíram vários objetos que lhes pertenciam.

Na relação do furto estão: Uma forrageira, um mergulhão, uma bomba utilizada para aguar a plantação, arco de serra, alicate e uma máquina de pulverizar.

O Cione que a mais ou menos um ano teve um porco furtado do mesmo terreno acredita que os infratores possam ser pessoas do entorno.
Outra que foi vítima de arrombamento e furto foi a professora Alda, ela foi passar o final de semana no sítio e quando voltou encontrou a casa arrombada e percebeu a falta de uma TV, um notebook e algumas coxas de cama usadas que segundo ela pode ter sido utilizada para enrolar o televisor furtado de sua residência.

E na noite de domingo por volta das 19:20h a funcionária pública Zilma estava sentada na calçada da sua irmã na rua Figueiredo Correia quando de repente surgiu uma pessoa do sexo masculino possivelmente um adolescente de arma em punho pediu para que a mesma entregasse o seu aparelho celular.

Sem outra saída a mesma entregou o celular, uma outra pessoa que estava em sua companhia na calçada tentou levantar e foi barrado pelo elemento dizendo que se ele levantasse atiraria.

Após o fato o acusado da prática criminosa pegou uma bicicleta que havia deixado na travessa Canindezinho rua que faz esquina com a rua Figueiredo e empreendeu fuga.


Todos os crimes são de conhecimento da polícia que trabalham de forma investigativa para chegarem aos responsáveis por todas essas ações praticadas no final de semana.

LAÉCE OLIVEIRA 5 de dezembro de 2016
Várzea Alegre – De forma heroica polícia militar salva homem que praticava suicídio.
Em meio a tantas ações realizadas pela polícia militar em Várzea Alegre, na tarde do sábado 03, por volta das 13:30h uma dessas ações comoveu os policiais. Chamados para atender uma ocorrência no sítio Baixio do Exú, nas proximidades do bairro Varjota chegando ao destino os policiais: Cabo PM Neumano e o soldado PM Neto se deparam com um homem pendurado a uma corda tentando ceifar sua própria vida.

Observando que a vítima ainda estava com vida os militares de forma heroica retiraram o homem da tal situação de enforcamento, e acionaram Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU.

Quando os profissionais da saúde chegaram para somar com a polícia no salvamento da vida, ambos realizaram os procedimentos de praxe o conduziram a vítim até o Hospital São Raimundo Nonato para que o mesmo recebesse atendimento ideal para tal situação.


Trata-se do jovem de 28 anos iniciais A. de L. M. solteiro agricultor que por motivos fúteis tentara contra sua própria vida, salvo pela agilidade do atendimento dos policiais que atenderam em tempo recorde a chamada via 190, e chegaram a tempo para evitar o que seria o segundo caso de suicídio em menos de 48 horas. 

LAÉCE OLIVEIRA 4 de dezembro de 2016
Várzea Alegre – Homem pratica suicídio utilizando uma corda.
Na tarde de ontem o João Antônio Soares de 38 anos, se apresentou a família dizendo que iria praticar suicídio, de imediato os familiares tentaram impedir a tragédia e acionaram a polícia militar, quando a mesma chegou ao destino na rua Antônio Alves Costa nº 616 onde o João residia, o mesmo já havia se evadido do local.

O tempo foi passando a família passou a procura-lo mais não obtiveram resultado positivo, de modo que por volta das 07:00h da manhã desta sexta-feira 02, populares encontraram o corpo do mesmo pendurado através de uma corda em uma pequena árvore já sem vida em um matagal entre o bairro Zezinho Costa e o serrote do sítio Varas.


As informações de terceiros apontam que o mesmo era usuário de bebida alcoólica o que pode ter sido fator contribuinte para a prática do suicídio. A polícia militar que esteve no local acionou a Polícia Forense do Ceará - PERFOCE região Iguatu para fazer a remoção do corpo e realizar o que é de competência daquele órgão.

LAÉCE OLIVEIRA 2 de dezembro de 2016
Várzea Alegre – Moto é tomada de assalto próximo à praça do jumento.
Com informações do sargento PM Alaécio nossa reportagem foi informada que na noite da quinta-feira primeiro, por volta das 20:30h dois elementos em uma moto Fan armados tomaram de assalto uma moto Honda Broz 150 cor vermelha de placa OCS 9827, pertencente ao senhor Antônio V. de Oliveira Fernandes.

A ação criminosa ocorreu segundo informações policiais na Av. Papai Raimundo nas proximidades da praça do jumento, após praticar o crime os dois elementos que estavam em uma moto Fan empreenderam fuga, a polícia foi acionada mais até o fechamento desta matéria os militares ainda não haviam chegado aos culpados.


Ainda com informações da polícia militar nossa reportagem tomou conhecimento que na cidade de Lavras da Mangabeira uma camionete Hillux foi tomada de assalto por homens armados, esse veículo também ainda não foi recuperado.

LAÉCE OLIVEIRA
Várzea Alegre - Vereadores eleitos visitam câmara municipal.
Várzea Alegre vereadores leitos acompanham reunião da câmara
Na manhã desta quarta-feira 30, a câmara municipal presidida pelo veterano Dr. Luiz Luciano e Silva realizou mais uma de suas reuniões ordinárias. Na oportunidade os vereadores que compõem a bancada do prefeito eleito Zé Helder estiveram prestigiando a reunião. Dentre os presentes Alan Salviano, Antonio Alcântara, Cleiton do bar, Dedé da topique e José Dener.

Nossa reportagem também esteve na casa do povo e conversou com Antonio Alcântara vereador eleito pelo PT, esse disse que a sua visita foi tão somente para prestigiar a casa e também sentir a energia emanada pelos veteranos vereadores na casa legislativa.

Ainda falou que tem projetos para 2017, porém, a conjuntura política atual não favorece muito, mesmo assim irá fazer o possível para desempenhar um bom trabalho em especial pela sua comunidade Canindezinho.

Outro que falou a nossa reportagem foi o Alan Salviano PMDB, esse também foi prestigiar os atuais vereadores da casa e fazer as observações de como funciona o legislativo.


Alan pela primeira vez se prepara para a partir de janeiro passar a usar a tribuna realizando o seu primeiro mandato. Alan vai mais longe e disponibiliza seu nome para a disputada presidência da câmara, as conversas estão acontecendo e o Alan espera chegar lá para junto com prefeito eleito Helder desempenharem uma boa gestão.

LAÉCE OLIVEIRA 30 de novembro de 2016
Várzea Alegre está em festa celebrando os 91 anos do ex-prefeito João Francisco.

Muitos seriam hoje os adjetivos para definir a personalidade de filho de Várzea Alegre que de forma simples e humilde, edificou sua história nas paginas do livro da terra dos contrastes, terra do arroz ou terra de papai Raimundo.

É basicamente assim que Várzea Alegre celebra os 91 anos de João Alves de Lima (João Francisco). Parabéns a esse baluarte da sociedade varzealegrense, facilmente visto pelas ruas da cidade batendo papo com amigos e contando história, algo característico do seu celeiro de amizades.

Homenageando esse filho ilustre o pé no chão buscou nos arquivos do site do governo municipal a extensa biografia dessa celebridade para deixar você amigo leitor mais conhecedor da historia de João Francisco.

Biografia - João Alves de LimaO tempo sabe tão bem consagrar histórias e, talvez ousado pelo destino de narrar fatos importantes, finca mensagens vivas e faz nascer personalidades tão sublimes. Desta feita, é registrado aqui um breve e sucinto capítulo da história de João Alves de Lima. Ele que alcança, com a graça de Deus, numa caminhada de alegria e bondade, 80 anos de idade.

É tempo, então, de falar da trajetória do aniversariante, começando pelo seu nascimento, às cinco horas da tarde do dia 30 de novembro de 1925, numa casa modesta do sítio São Vicente. Como afirmaria o respeitado jornalista Sebastião Nery, João, filho do terceiro casamento do pai, José Alves de Lima, e do segundo casamento da mãe, Balbina Alves de Lima, estava chegando ao mundo não a passeio, mas a trabalho. E muito trabalho, é oportuno que se ressalte. O pôr-do-sol, naquela data, estava coincidindo com o alvorecer de uma vida que, neste 30 de novembro de 2005, pode ser festejada como um exemplo de inteligência, persistência e fraternidade.

Aos cinco anos de idade, João Francisco vê o pai partir para o mundo dos justos. Cresce, então, juntamente com a mãe e os irmãos Maria e Miguel. Acontecimento tão triste gera uma situação ainda mais difícil, levando João a iniciar-se na lavoura cedo ainda, para contribuir no sustento da família. Mesmo assim, insistiu em procurar a escola e desafiar a pobreza. Estudou 19 meses com a professora Adelaide Costa. Ali havia concluído a educação formal, obrigando-o a completar a sua aprendizagem no mundo e nos livros. Ficara para trás o sonho de ingressar na Marinha do Brasil.

Restou-lhe como alternativa permanecer no São Vicente, executando as tarefas do campo (preparo da terra, plantio, colheita, etc).

Na ausência da escola (imposta pelos obstáculos financeiros), buscou consolo nas brincadeiras inerentes a qualquer menino no meio rural: armar arapucas para capturar animais, matar preás, tomar banho de açude, etc.

Em 1940, João Francisco dá mais um passo conduzido pela virtude da esperança, que nele sempre se manteve sólida. Passou a residir na rua (como se diz na linguagem simples de Várzea Alegre), ou seja, na cidade, trocando, desse modo, a pessoa que lida na roça pelas funções de vendedor no estabelecimento comercial do irmão Joaquim Francisco. Ganhou, pois, formalmente o seu primeiro emprego, no qual já viria a mostrar a disposição e a coragem que nele iriam se aprofundar como qualidades definitivas, aliadas a tantas outras. Já se revelava naquele rapazinho de 15 anos o homem que sempre conseguiu vencer desafios e superar as limitações da vida.

Garantidas, na cidade, as condições estáveis para o trabalho como comerciário, resolveu aos 17 anos trazer para morar com ele a mãe e os irmãos. Foi por esta época, que sentiu crescer nele uma inclinação, até hoje muito forte, para o exercício permanente da leitura. Gosta de recordar que, um certo dia, saiu com sua mãe e, ao fazer uma compra, o balconista ultilizou jornal para a embalagem. João pediu, no ato, que a mãe adquirisse o resto daquele jornal, a fim de que pudesse lê-lo quando chegasse em casa. Nessa busca por uma leitura mais intensa e mais constante, associou-se a uma biblioteca instalada em Várzea Alegre com um acervo de cinco mil volumes. Nem precisa lembrar que aquelas estantes abarrotadas acabaram se constituindo num verdadeiro tesouro, para ele, que leu praticamente todos aqueles livros. Estava pavimentado o quilômetro inicial de um longo caminho para o mundo da leitura, que ele percorre até hoje com sofreguidão. Podemos seguramente salientar que se trata de seu passatempo predileto, juntamente com as palavras cruzadas.

Em 17 de junho de 1949, João Francisco, impulsionado a crescer em todos os aspectos, decidiu desenvolver o seu espírito associativista e ingressou na Loja Maçônica de Cedro. E a cada quinzena, apesar dos empecilhos financeiros, ia e voltava do Cedro pedalando sua bicicleta. Era uma demonstração de amor à causa maçônica, num engajamento que viria a ensejar na década de 1980, o movimento vitorioso para que ele arregimentasse vários conterrâneos e com eles fundasse a Loja Maçônica de Várzea Alegre. Esses amigos, num gesto de reconhecimento às suas convicções maçônicas, o elegeram Venerável da loja instalada em Várzea Alegre. Esse entusiasmo com a vida social já vinha de outros períodos. Antes, talvez como forma de voltar mentalmente ao período difícil do pequeno trabalhador da roça, incentivou o funcionamento do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Várzea Alegre. Em 1965, foi um dos 28 fundadores do Lions Clube de Várzea Alegre, onde exercera todos os cargos de diretoria. Ainda na década de 1960, seria um dos líderes da campanha que resultou na instalação da primeira agencia bancária da cidade, a do BEC (Banco do Estado do Ceará). Atuaria ainda como um apoiador dos principais eventos sociais e culturais do Município, entre os quais não poderíamos omitir as inesquecíveis semanas universitárias. Em 1973, reafirmaria esse compromisso com o social, elegendo-se o primeiro tesoureiro do Clube Social Recreativo de Várzea Alegre – CREVA.

Enfatizado esse aspecto marcante da personalidade de João Francisco, retomamos a ordem cronológica de sua vida, tão bem aproveitada. Recuamos mais exatamente a 1950, ano que lhe propiciou experiências novas. Em 1950, percorreu considerável parte do Município, a serviço do então Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, hoje fundação IBGE, na realização do recenseamento nacional daquele ano. Também em 1950, montou o seu estabelecimento empresarial, uma fábrica de bebidas, que, pela excelência dos produtos, haveria de render-lhe, mais que a subsistência, o título de maior fabricante de bebidas da região. Com as essências e outros insumos comprados em freqüentes viagens ao Crato, durante muitos anos, preparou com carinho as zinebras, vinagres, jurubebas, e notadamente o seu badalado ‘’Conhaque de Alcatrão de São João da Farra, título que não significava propriamente um desrespeito a um dos santos mais estimados pelos brasileiros, mais sim, mais uma manifestação do espírito irreverente do fabricante. Trazia no rótulo a insinuação de que o conhaque era muitas vezes usado numa animada farra……

Também em 1950 partiria para uma nova fase em sua vida, casando-se em 25 de dezembro com a jovem Antonia Alves de Lima. Desse casamento, tiveram 9 filhos,15 netos e 4 bisnetas. Por sinal, como chefe de família, nunca descuidou do atendimento às necessidades dos filhos, zelando, sobretudo, pela educação deles, a ponto de ter sido um dos primeiros cidadãos varzealegrenses a alugar casa em Fortaleza, exatamente para oferecer a todos eles a chance de prosseguimento dos estudos, que, naquela época, em Várzea Alegre, esbarravam na quarta série do antigo Curso Ginasial. Como se não bastasse, pelo exemplo concreto, pelo fazer (que vale mais do que o dizer), fez de cada filho um apreciador da leitura, o que, aliás, tornou mais fácil para cada um a opção profissional e o restante de suas vidas.

Chegou o ano de 1959, que veio encontrar um João Francisco já na condição de um dos maiores autodidatas que Várzea Alegre já teve, graças ao empenho constante na leitura, conhecendo com profundidade obras de autores como Machado de Assis, Monteiro Lobato, Humberto de Campos, Dostoievski, Camilo Castelo Branco, Saint-Exupéry e tanto outros. Essa auto capacitação deu-lhe segurança para que, em 1959, se tornasse Escrevente do Cartório do Primeiro Ofício, cargo no qual permaneceria até 1979. Em 1980, amadurecido no conhecimento do Direito (efeito não apenas das leituras, mas também da vivência como Escrevente), passou a Tabelião. Prosseguiu agora no principal cargo do Cartório, com a mesma dignidade de antes, zelando pela correção nos serviços, colaborando com juizes e promotores, optando, enfim, pelo maior atendimento possível à coletividade.

Nas décadas de atuação no Cartório, não por descriminação e sim pela grandeza do seu coração, fez uma ‘’opção preferencial pelos pobres’’, dispensando, em muitos casos a cobrança pelos serviços prestados. No respeito às dificuldades alheias, em muitas oportunidades, muitas vezes em finais de semana, chegou a percorrer léguas e mais léguas rumo a localidades do Município, unicamente para colher, em enormes e pesados livros do Cartório, assinaturas que as pessoas (por doenças ou outros motivos justos) não tinham como faze-lo na sede do Cartório, localizado na nossa sempre lembrada Rua Major Joaquim Alves.

Essa maneira de fazer da solidariedade uma opção de vida o transformou numa das pessoas mais populares de Várzea Alegre, de tal modo que, em 1988, estimulado pelos seus conterrâneos, disputou e conquistou a Prefeitura de Várzea Alegre. ’’João do Povo’’ foi o slogan que utilizou na campanha vitoriosa. Uma vez prefeito, empossado em janeiro de 1989, quis e conseguiu ser um dos melhores administradores da história de Várzea Alegre. A eleição havia sido uma resposta dos varzealegrenses à sua generosidade, sobretudo, para com os mais carentes, os mais sacrificados, os mais prejudicados pelas desigualdades do nosso cruel modelo econômico. O seu triunfo nas urnas, apesar de não ser um militante político, não surpreendeu, mesmo porque a sua popularidade já havia se refletido na quantidade dos seus afilhados de batismo, que atingiu a marca impressionante de 625. Sempre se portou como um padrinho efetivamente, não somente desses 625 afilhados, mas do conjunto dos desafortunados da “Terra do Arroz”.

Na imponderabilidade da vida, a década de 1990 teve início com o afastamento definitivo entre João Francisco e Antônia Alves de Lima. Conjuntura inesperada. Ele procurou redefinir seus rumos, unindo-se em abril de 1994, a Dalva Ferreira. Também renasceu nele o compromisso com a missão de criar e formar, pois com Dalva teve, em 1996, uma filha, Raianne.


Assim é João Francisco: humilde; sábio, discreto; homem valente sem ser rude; ’’animal político”, na expressão do sábio grego Aristóteles; indignado com as injustiças sociais; amado e amável; sempre inteligente e de raciocínio rápido; jovem aos 80 anos, como se, definitivamente, tivesse rasgado todos os calendários. Personalidade marcante, motiva todos nós, neste instante de tanta graça, a reverenciá-lo e a agradecer a Deus pelo belo “ser”, cujos 80 anos fazem uma festa grandiosa não apenas para ele, mas para toda a Várzea Alegre, que o estima, que o admira, que o respeita e deseja ver o seu nome inserido na história que ele, nesses oitenta anos, tem ajudado a construir.

LAÉCE OLIVEIRA
Postagens mais antigas ››

Postagens populares

MEGA DA VIRA

MEGA DA VIRA
Seu sonho poderá ser uma realidade.